Trazemos mais boas novas para o setor de transporte: o número de contratos de financiamento de veículos pesados cresceu 8% no mês de julho deste ano, em comparação com junho. Neste caso, veículos pesados incluem caminhões, ônibus e implementos rodoviários, tanto novos como usados.

Segundo a B3, responsável pela Bolsa de Valores no Brasil, que assume o Sistema Nacional do Gravame, 24.694 veículos pesados foram adquiridos no mês passado por meio de pagamento a prazo. Já em junho, foram registradas 22.857 operações do tipo.

Comparando com julho de 2019, o resultado ficou estável, com apenas 0,1% de queda. No mesmo mês do ano passado, foram realizados 24.671 contratos de financiamento para a compra de veículos pesados aqui no Brasil.

O aumento das vendas a prazo foi promovido pelo segmento de usados, com crescimento de 10,4%. Em julho, foram 12.632 contratos ante 11.443 em junho. Na comparação com as 12.819 unidades vendidas a prazo em julho de 2019, houve um recuo de 1,5%, segundo dados da B3.

Segundo a Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), as vendas de veículos usados estão em alta no Brasil. Levando em consideração todos os outros segmentos, o número de transferências registradas em julho foi 53% maior que o de junho.

E quanto ao financiamento de veículos novos?

O financiamento de veículos pesados novos apresenta crescimento um pouco menor que o segmento de usados. Em julho, o avanço foi de 5,7% ante junho. Falando mais especificamente, 12.062 contratos foram fechados em julho e 11.414 em junho.

Ainda sobre julho, as compras a prazo cresceram 1,8% também na comparação com o mesmo mês de 2019. Segundo a B3, em julho do ano passado, 11.852 veículos pesados novos foram adquiridos no Brasil por meio de financiamento.

Fonte: Estradão

Gostou? Compartilhe: